Johann Christian Bach nasceu em Leipzig (alemanha) em 5 de setembro de 1735. Último filho de J.S.Bach e anna Magdalena Wülken, foi o primeiro aluno de seu meio-irmão C.P.E.Bach e, mais tarde, do famoso padre Martini, de Bolonha. Na Itália, converteu-se ao catolicismo e, até 1760, compôs quase exclusivamente música religiosa sob a orientação do padre Martini. Na mesma época, foi encarregado de recrutar cantores para as representações de óperas em Turim. Foi então que se virou para o teatro.

As suas óperas foram representadas, com grande sucesso, em Turim, Milão e Nápoles. Foi então, que estreitou relações com os músicos da escola napolitana, especialmente com Traetta, Jommelli e Sacchini.

Em 1762, o músico trocou a Itália pela Inglaterra, onde se tornou compositor titular do King’s Theater. Em Londres, fundou com o seu amigo abel os Bach-abel Concerts, uma das primeiras organizações de concertos públicos. Em 1764, acolheu calorosamente o jovem Mozart que se deslocara a Londres; interpretaram juntos uma sonata, tocando alternadamente um compasso de cada vez. Tornariam a se encontrar de novo em Paris, quatorze anos mais tarde, encontro que, segundo uma carta de Mozart para seu pai, constitui uma grande alegria para ambos.

Mas, a Paris de 1778-1779 acolheu os dois músicos sem entusiasmo; a ópera amadis des gaules, motivo da viagem de J.C.Bach, não foi bem recebida pela academia Real de Música, embora as suas outras óperas se representassem com êxito em Londres e outras cidades. O compositor morreu em na capital inglesa, em 1.º de janeiro de 1782.

Obras vocais - pelo menos 20 óperas, pasticcios, etc.; cantatas profanas (italianas e inglesas), música sacra, árias inglesas e italianas; sinfônicas - 49 sinfonias, 13 aberturas, 31 sinfonias concertantes, 37 concertos; música de câmara - 125 composições (sonatas ou em forma de sonata), de 2 à 6 instrumentos; cravo - 35 sonatas, sonatas para 2 cravos, variações sobre o God save the king.

J.C.Bach - Minha coleção